Erguer o altar, uma tarefa de todos

Erguer o altar, uma tarefa de todos
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×

A tarefa de erigir um altar em casa todos os dias não é privilégio apenas do “chefe da família”, o pai; mesmo sendo este considerado o “sacerdote do lar”. Também não se restringe à mãe, mesmo sendo ela a mulher sábia que “edifica a sua casa” (Pv 14:1). Todos os integrantes da família, desde que tenham o mínimo de maturidade podem contribuir para que o culto familiar, o convívio e o engajamento da família nos planos de Deus se fortaleçam a cada dia.

O empreendimento de erguer este altar é o esforço de cada um trazendo uma “pedra”, sua contribuição, para que estando erguido o altar, possa o Senhor acender-lhe a chama, tarefa que somente Ele pode fazer. Quando a família unida erige o altar e se prostra em adoração ao redor dele; Deus acende a chama. Ele se faz presente na pessoa do Espírito Santo para abençoar aquela família e cumprir a Sua promessa: “Buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo o vosso coração” (Jr 29:13).

O papel das mães dentro de casa é destacadamente fundamental para a formação moral e espiritual dos filhos. O futuro dos filhos está em grande medida, sob a responsabilidade das mães. Se estas faltarem no cumprimento de seu dever, o nosso grande inimigo se adiantará e ocupará a brecha aberta na formação destas crianças.

Permita-me lançar-lhe um desafio. A cada dia Deus nos dá 24 horas para administramos. Se dividirmos estes 1440 minutos que compõem as 24 horas em períodos de 15 minutos, teremos 96 períodos de 15 minutos ao longo de um dia. Quero, em nome de Jesus, desafiá-lo a ficar com 94 períodos de 15 minutos e separar 2 períodos para acender o altar da família em sua casa. Em cada família deve haver um tempo determinado para os cultos da manhã e o da tarde. Em 15 minutos vocês poderão cantar 2 cânticos, contar uma história bíblica, fazer alguns pedidos de oração e orar suplicando as bênçãos e proteção de Deus.

Precisamos tornar nossos lares em pequenas igrejas, cercando-nos e a nossos filhos daquela atmosfera que reina no céu, não há tempo a perder. Ou preparamos nossa casa para o breve encontro com Jesus ou Satanás fará de nossa casa sua habitação. Cada família é como se fosse uma igreja sobre a qual os pais são os líderes. O primeiro e principal dever dos pais é trabalhar para a salvação de seus filhos. Quando o pai e a mãe, como líderes espirituais e professores da família, assumem sua inteira posição ao lado de Cristo, exercerão no seu lar uma influência santificadora e esta será sentida na igreja e reconhecida por todo crente. Nenhum homem, jamais conseguirá levar para a igreja ou para suas relações comerciais, uma influência que não exerce na vida doméstica, com sua família.

Fortaleça seu lar, sua família. Dê um passo a mais, interceda por alguém. Leve a sua família a ter uma experiência plena, envolva-os na evangelização de outras pessoas. Junto ao altar sua família cresce espiritualmente ao mesmo tempo em que se prepara para trazer outras famílias para perto do altar.

Queridos pais, vamos juntos acender a chama do altar de nossos lares. Vamos tornar nossas casas, verdadeiros altares de esperança para influenciar outros em direção das coisas espirituais. Deus espera usar o seu lar como um modelo do que Ele pode fazer em uma casa que se abre para Sua atuação. Que o fogo do Espírito acenda a chama do altar de seu lar.

 

Wélida Dancini

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×