NORMAS E REGRAS NO TRABALHO

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×

Muitos são resistentes a seguir normas e regras. Acreditam que as normas da empresa só servem para fazer das pessoas robôs que façam tudo o que a empresa quer e do jeito exato que ela deseja. Agora, imagine se não houvesse normas em sua casa. As pessoas poderiam tomar banho numa bacia no meio da sala, fazer suas necessidades fisiológicas em cima de sua cama, comer no banheiro, dormir em cima do fogão… Uau! Que caos!!!

As normas são muito bem-vindas quando nos sentimos injustiçados ou ao percebermos que nossos direitos foram quebrados. No momento de demissões, de advertências, é que muitos valorizam as normas. Nestas situações buscam as regras que asseguram seus direitos, entretanto, por vezes, se esquecem que todo direito alcançado é precedido por uma responsabilidade.

Muitos buscam seus direitos, mas fogem aos seus deveres. Qualquer organização comercial necessita de normas: horários para entrada e saída, procedimentos de segurança, política de preços, procedimentos internos etc.

Sem normas, a empresa se tornaria uma bagunça e nada produtiva. Os funcionários não teriam seus direitos assegurados, não saberiam quando nem quanto iriam receber, por exemplo. Na realidade, muitos valorizam as normas no que diz respeito aos direitos pessoais e as ignoram quando estas tratam dos deveres de cada um.

Onde não há normas estabelecidas ou respeitadas existe anarquia, e ninguém sobrevive muito tempo em tal contexto. É preciso ter em mente que as normas é que dão liberdade para que cada um possa agir sem afetar ao outro. Em vez de tornar as pessoas robôs, elas as tornam pássaros, pois podem voar, cada uma, em seu espaço definido sem que seja invadido por outros.

Wélida Dancini

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×